sábado, 30 de janeiro de 2016

Chili com Seitan

Do Texas ao México, podem encontrar inúmeras variações deste clássico. Cada um tem a sua ideia de onde surgiu e como deve ser feito. Esta é só mais uma variação do original.



Ingredientes:

(Serve 5 porções)


  • 1 Frasco de Feijão Encarnado já cozido (podem cozer vocês)
  • 1 Embalagem de Seitan (cerca de 300/350 gr)
  • Meio pimento vermelho pequeno em tiras
  • 1 cenoura em rodelas finas
  • 1 cebola picada
  • 3 dentes de alho picados
  • 1 talo de Aipo
  • 1 malagueta vermelha
  • 1 fio de azeite
  • 3 colheres de sopa de milho doce
  • 1 copo de Água
  • sal q.b. (ou podem usar molho de soja)
  • Cominhos, pimentão doce q.b.


Comecem por picar o seitan num robot de cozinha, ou picadora. Reservem.

Num tacho refoguem até ganhar cor, a cebola e o alho com o azeite. Adicionem os cominhos, o pimentão doce e a malagueta, aguardem até sentirem o aroma das especiarias.

Juntem o pimento vermelho cortado em tiras (não muito grossas), o aipo e a cenoura às rodelas. Aguardem 5 minutos e juntem o seitan, deixem apurar por mais 5 minutos e juntem a água. Coze por 10/15 minutos ou até verificarem que o seitan está no ponto.

Acrescentem o feijão e deixem apurar por uns minutos. 

Terminem, incorporando bem o milho.

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Mini-Muffins de Morango com Sementes de Chia (Sem Glúten e Sem Açúcar)

Ando numa de deixar o açúcar, ou pelo menos diminuir o seu consumo pelo mínimo possível. Esta é mais uma experiência para pôr este meu plano em acção.

Fiquei bem contente com o resultado final. Apesar de não crescerem muito, devido às farinhas usadas não terem adição de fermento, o sabor é bastante bom. Não tão doce como um bolo normal feito com açúcar, mas penso que sacia bastante a vontade de consumir o mesmo.




Ingredientes:

(Cerca de 18 Muffins)

  • 150 gr de Farinha de Arroz Integral
  • 80 gr de Farinha de Côco
  • 1 colher de sobremesa de Bicarbornato de Sódio
  • 1 colher de sobremesa de Fermento (Sem glúten, encontram no Celeiro)
  • 1 pitada pequena de Sal Marinho
  • 1 Copo de Leite de Amêndoa (Podem usar outro leite. Cerca de 100 ml)
  • 100 gr de Morangos Maduros feitos em Puré
  • 180 ml de Xarope de Acér Puro (No Aldi tem)
  • 3 Ovos
  • 2 Colheres de Sopa de Óleo de Côco ou de Azeite
  • 2 Colheres de Sobremesa de Sementes de Chia



Preparação:

Comece por aquecer o forno a 180 º.

Junte as farinhas, o bicarbonato de sódio e o fermento numa tigela.

Numa taça bata os ovos, o xarope de acér, o sal, o puré dos morangos, o óleo de côco. Em seguida, incorpore as farinhas peneiradas no preparado anterior, intercalando com o leite, até formar uma massa homogénea. Por fim misture as sementes de chia.

Distribua a massa por formas de papel e leve ao forno por 20 minutos, ou até verificar que esta já se encontra cozida.





















Nota: Se os morangos não forem muito doces podem misturar uma colher ou duas de sopa de xarope de acér ao fazerem o puré.

Podem usar outras farinhas que não as que apresentem, apenas devem ter em atenção que há farinhas mais pesadas que outras, e a sua má conjugação pode resultar numa massa pesada, e como tal, em bolos massudos e nada leves.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Pão lêvedo com Abacate, Tomate e Queijo


Vi esta receita no Facebook, num dos imensos canais de comida que lá existem, e pareceu-me interessante. Não é má de todo, apenas aconselho a que o abacate não esteja extremamente maduro, caso contrário adquirirá um certo sabor amargo. De resto, é um inicio de dia bem simpático.



Ingredientes:
(Serve 2 porções)


  • 1 pão lêvedo cortado ao meio
  • 1 abacate maduro em tiras
  • 1 tomate maduro cortado em tiras
  • manteiga de alho a gosto
  • 6 fatias de queijo flamengo



Preparação:

Aqueçam o forno a 180 º.

Num tabuleiro de ir ao forno forrado com folha de alumínio disponham as duas metades do pão. Barrem-nas com manteiga de alho, disponham por cima de cada uma uma metade de abacate em tiras, mais umas rodelas de tomate, temperem a gosto, terminem com 3 fatias de queijo em cima de cada uma. Um pouco de oregãos ou salsa seca e vai ao forno por 15 minutos, ou até verificarem que o queijo já está derretido.

Acompanhem com chips de beterraba caseiros. Mnhami.



segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Bolo de Limão com Mel (Sem açúcar)

Ah comer sem culpa. Tão bom!! 

Já andava com vontade de inventar um bolinho sem açúcar à muito tempo. Tenho andado a pesquisar, por terras lusas e não só, e tinha chegado à conclusão que a grande maioria das receitas sem açúcar tem ingredientes que eu não tenho em casa e que na maior parte das vezes conheço só de ouvir falar, mas desconheço por completo no que consistem e quais os seus benefícios. Tenho no entanto já uma listinha de compras com alguns desses ingredientes que acho bastante interessantes, serão adquiridos com tempo e sem pressas.
Devo avisar-vos que este bolo ficou tão bom, tão bom, que o M. nem o vai provar (hihihi Shame on me). Em minha defesa, não o comi todo sozinha, obviamente.

Vamos lá então, ver como é feito este pedaço bom caminho, sem qualquer culpa.


Ingredientes:

  • 150 gr de Farinha de Trigo
  • 50 gr de Farinha de Côco
  • 150 ml de Mel (Se quiserem mais doce podem por mais quantidade)
  • 1 colher de sobremesa rasa de Fermento em pó
  • 1 colher de sobremesa rasa de Bicarbonato de sódio
  • Raspa de 1 limão
  • Sumo de meio limão (Pus um pouco mais, ainda espremi ligeiramente a outra metade, provem e vejam se está ao vosso gosto)
  • 100 ml de óleo de Girassol
  • 3 ovos (separados)
  • 50 a 80 ml de leite à vossa escolha
  • 1 colher de sopa de sementes de papoila (opcional)

Preparação:

Comecem por ligar aquecer o forno a 180º. 

Num tigela juntem as farinhas, o fermento e o bicarbonato de sódio. Reservem.


Com a ajuda da batedeira batam as claras em castelo e reservem. 

Numa taça juntem o mel, as gemas, o óleo e 50 ml de leite, adicionem no fim o sumo e a raspa do limão, misturem muito bem e comecem a acrescentar os restantes ingredientes secos até terem uma massa homogénea.


Por fim incorporem as claras batidas em castelo, e as sementes de papoila. (Aqui entra o restante leite, se verificarem que a massa está muito densa, juntem o restante leite até a massa ficar do vosso agrado)

Untem com manteiga e polvilhem com farinha, uma forma a gosto. Levem o bolo a cozer por 20 a 30 minutos, ou até verificarem, com um palito, que este já está no ponto.


Bom Apetite.

sábado, 16 de janeiro de 2016

Caril de Batata Doce e Espinafres



Este prato é um "prato" ahah Podem fazê-lo como prato principal, acompanhado de arroz basmati, ou então, como acompanhamento de um bom peixe grelhado, por exemplo. Em qualquer das opções ficam muito bem servidos. O adocicado das batata doce com o "aconchego" do caril fica um espanto.



Ingredientes:

(Serve 4 porções)

  • 1 chalota bem picada
  • 2 dentes de alho bem picados
  • 2 batatas doces grandes aos cubos
  • 3 colheres de sopa de óleo/azeite
  • Meio pimento vermelho cortado aos cubos
  • 150 gr - 200gr de espinafres frescos
  • 1 a duas colheres de sobremesa de caril (pode ser em pó ou em pasta)
  • 1 embalagem de leite de côco
  • 1 copo de água (cerca de 200 ml mais ou menos)
  • Arroz Basmati para acompanhar (opcional)
  • 30 gr de cajus ao natural, picados grosseiramente
  • Coentros frescos picados a gosto (opcional)
  • Sal e temperos à escolha para temperar

Preparação:

Numa frigideira grande comecem por fritar a cebola e o alho em azeite, até alourarem. Acrescentem o sal e o caril, deixem os aromas intensificarem-se.

Acrescentem o pimento, a batata, o leite de côco e a água e deixem cozer por 15 a 20 minutos, até verificarem que a batata já está macia. Juntem os espinafres, metade dos cajus (o restante é para guarnecer o prato) e um bom ramo de coentros, aguardem apenas o tempo suficiente até os espinafres murcharem, e está pronto.

No prato, guarneçam o caril com os restantes cajus e com algumas folhas de coentros.

Bom Apetite.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Lasanha de Bacalhau e Espinafres (Receita de Molho bechamel)

Gosto muito de lasanha. Esta não é excepção claro.
Já tinha feito de bacalhau com brócolos, hoje decidi fazer com espinafres. Ficou muito boa, claro. Como diz o meu pai ficou "desenfastiada", super apetitosa mesmo. O M. repetiu, claro, 3 vezes.



Ingredientes:
(Serve 5 a 6 porções)


  • 600 gr de bacalhau já desfiado e demolhado
  • 1 cebola média picada
  • 3 dentes de alho picados
  • 250 gr de espinafres em folha
  • 3 colheres de azeite
  • água para a cozedura do bacalhau e dos espinafres
  • sal e pimenta para temperar
  • 500 ml de molho bechamel
  • queijo ralado a gosto
  • 1 embalagem de massa fresca para lasanha
Para o Molho Béchamel:
  • 4 colheres de sopa de manteiga
  • 4 colheres de sopa de farinha
  • 500 ml de leite 
  • sal, pimenta e noz moscada para temperar

Iniciem a receita pondo a cozer o bacalhau e espinafres em água, em tachos separados. Após cozidos escorrem muito bem e reservar.

Num tacho alourem a cebola e o alho, com o azeite. Acrescentem o bacalhau, deixem apurar por 5 minutos e acrescentem, por fim, os espinafres. Incorporem muito bem os ingredientes e rectifiquem os temperos, reservem.

Comecem o molho bechamel. Num tacho derretam a manteiga. Acrescentem a farinha, misturem muito bem até formar uma pasta, deixem cozer ligeiramente e acrescentem o leite, aos poucos. Com a ajuda de uma vara de arames, mexam muito bem, até o molho engrossar (demora cerca de 12 minutos, mais ou menos). Finalizem com um toque de sal, pimenta e noz moscada.

Num tabuleiro de ir ao forno, coloquem um pouco de bechamel no fundo e guardem outro tanto para finalizarem a lasanha. O restante juntem ao preparado do bacalhau com os espinafres.

Iniciem a montagem da lasanha. Ponham duas ou três placas em cima do molho bechamel, seguido de um pouco de queijo, e por fim o preparado do bacalhau, repitam o processo até terminarem com placas de lasanha. Aí juntem o bechamel que deixaram para trás e rematem com queijo ralado.

Vai ao forno por 15 minutos, ou até verificarem que a lasanha está dourada.





domingo, 10 de janeiro de 2016

Frango com sementes de sésamo + Molho Satay (Molho tailandês de Amendoim) + "Arroz" de Couve Flôr

Este prato até saiu melhor do que eu pensava. Depois de uma pequena desgraça com um outro molho este até saiu bastante bem (apesar de ter ficado um pouco espesso demais). 

A ideia era fazer um frango com manga, mas não foi o que saiu. Mesmo assim ficou muito bom. Deixo a sugestão.


Ingredientes:
(serve 3 porções)
Para o frango:
  • 2 peitos de frango médios, cortados em cubos
  • 3 colheres de óleo de girassol (ou outro à escolha)
  • 3 a 4 colheres de sopa de farinha de mandioca
  • sal e pimenta para temperar o frango
  • 3 colheres de sementes de sésamo
  • coentros picados (opcional)


Para o molho:

  • 2 colheres de sopa de cebola bem picada
  • 2 dentes de alho bem picados
  • 1 colher de sopa de óleo de girassol
  • 1 colher de sopa de gengibre fresco bem picado
  • 5 colheres de sopa de água
  • 1 colher de sopa de molho de soja
  • 1 colher de sopa de vinagre de arroz
  • 1 colher e meia de açucar mascavado
  • 1 colher de sopa de pimenta (pus pimenta preta)
  • 3 colheres de sopa de pasta de amendoim (de preferência sem açúcar adicionado)

Para o "arroz":

  • 1 couve flôr média
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 dentes de alhos bem picados
  • sal para temperar



Preparação:


Comecem por temperar o frango com sal e pimenta. Num saco ponham a farinha de mandioca, acrescentem o frango, já temperado, abanem o saco muito bem até a farinha estar agarrada ao frango.

Num frigideira anti-aderente e funda, juntem o óleo e fritem o frango, façam-no juntando poucos pedaços de cada vez para que nenhum fique cru. Repitam o processo até todo o frango estar frito. Na hora de servir juntem o frango todo na frigideira, bem como, as sementes de sésamo, retirem-no quando sentirem o aroma ao sésamo ou quando as sementes já estiverem bem douradas.


Para o molho, juntem num pequeno tacho as cebolas, o alho, a pimenta, o gengibre, e o óleo. Deixem alourar por 2 minutos. Juntem o resto dos ingredientes. Cozinhem até se tornar uma mistura bem homogénea. 


O "arroz" é bem fácil de fazer e podem fazê-lo para acompanhar qualquer tipo de prato, podem mesmo aromatizar com um pouco de côco ralado, coentros picados, casca de limão, lima ou laranja, o resultado é igualmente bom. 


Comecem por pôr a couve flor num robô de cozinha/processador (podem igualmente fazer com um simples ralador, dá mais trabalho, mas fica bom na mesma), processem a couve até esta ficar relativamente moída, não completamente, tem de ficar com textura de arroz. 
Passem a couve para uma frigideira com um pouco de azeite e os alhos picados. Deixem cozer cerca de 5 a 10 minutos, depende, se gostarem que fique "al dente" ou não.



quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Empadão de Frango






Nada melhor que "confort food" para aquecer o corpo e alma numa noite de frio e chuva. Este empadão é isso mesmo. Saciante e reconfortante. Uma delicia, e relativamente rápido de fazer.






Ingredientes:
(Serve cerca de  4 porções)



  • 350 gr de peito de frango cosido em tiras
  • 1 cebola média picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 malagueta picada (tirem as sementes se não quiserem muito picante)
  • Meio pimento vermelho picado em cubos médios
  • 1 courgete picada em cubos médios
  • 1 mão cheia de ervilhas congeladas
  • 1 embalagem de natas (da vossa preferência, vegetal ou não)
  • 1 kg de puré (usei do congelado, eu sei, não é do melhor que há, mas desenrasca muito bem)
  • 1 fio de azeite
  • sal e pimenta a gosto
Preparação:


Numa frigideira começam por pôr a cebola, os dentes de alho e o azeite. Deixem alourar por 10 minutos. Juntem em seguida o pimento, as ervilhas congeladas, deixem cozer por mais 10 minutos. Por ultimo ponham o courgete e o frango e envolvam bem, deixem o courgete cozer até ficar macio.




Certifiquem-se que os vegetais já estão cozidos e acrescentem as natas, deixem coser até estas engrossarem. Retirem e comecem a preparar o empadão.

Num tabuleiro de ir ao forno comecem com uma camada de puré, outra da mistura do frango e vegetais, repitam o processo até terminarem com uma última camada de puré de batata. Com ajuda de uma garfo façam umas riscas no puré e levem ao forno até alourar.


sábado, 2 de janeiro de 2016

Scones de Laranja e Tâmaras

Óptima forma de começar o primeiro sábado do novo ano - scones acabadinhos de sair do forno. Mnham. Tão quentinhos e deliciosos. O difícil é manter a dieta.

Esta receita fui buscá-la aqui. A fabulosa Donna Hay tem desta coisas, e melhores ainda.











Ingredientes:

(cerca de 16 scones)


  • 450 gr de Farinha
  • 110 gr de Açúcar
  • 1 colher de casca de laranja ralada
  • 350 ml de leite
  • 75 gr de manteiga fresca em pedaços
  • 70 gr de Tâmaras picadas


Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180 º. Coloque a farinha, o açúcar e a casca de laranja ralada numa taça e misture bem. Junte a manteiga e, com os dedos, misture-a na massa até formar pequenas migalhas. Acrescente as tâmaras picadas.





Faça um buraco no centro e junte o leite. Com a ajuda de uma faca incorpore gradualmente o leite na mistura da farinha até ficar uma massa homogénea.

Amasse a mistura numa superfície plana, polvilhada com farinha. Faça bolinhas de cerca de 2 cm de espessura.

Disponha a massa num tabuleiro de ir ao forno, forrado com papel vegetal e espalhe, com um pincel, um pouco de leite, bem como uma pitada fina de açúcar, por cima de cada scone.

Deixe no forno entre 18 a 20 minutos ou até confirmar com um palito que já estão prontos.


Sirva com manteiga ou uma compota a gosto. Comem-se muito bem sem nada.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Bom Ano 2016 - Enjoy Life.

Vamos acreditar que sim, que o melhor ainda estará para vir. 

Tenham um excelente 2016, que seja melhor que o anterior. E se não o for, que seja pelo menos igual ao que passou. Já não seria mau. 

Bom Ano.