quarta-feira, 13 de julho de 2016

Experiências Gastronómicas - Vila Nova de Milfontes



Não é a primeira vez que optamos por lá passar férias. Adoro lá ir, é um sitio tão tranquilo. 
Era mesmo o que estávamos a precisar. Já regressamos ao trabalho menos irritados e bem mais tranquilos (não deve durar muito, mas vamos aproveitar o momento - let's live the moment!).

Fica no belo Alentejo, recheado de gente simpática, com uma dose, mais ou menos, pequena de turistas, longe da azáfama das grandes cidades. 

Vila Nova de Milfontes é o que o próprio nome indica, uma pequena vila alentejana, recheada de pequenas lojas de roupa (roupa linda, mas não para o meu bolso), algumas lojas de artesanato, boa praia e alguns bons restaurantes. 

Para quem quer economizar um pouco, tem bons talhos, o mercado onde podem comprar peixinho fresco, e alguns supermercados (aconselho o 1000 super na rua principal, fruta boa - em especial as framboesas e os mirtilhos, pão alentejo e popias (bolo tradicional) a muito bom preço), e para quem não gosta do desconhecido, têm um pequeno Minipreço, também na rua principal.

Mas vamos ao que interessa. Onde podem e devem comer?! Deixo-vos aqui 4 sítios, bem diferentes entre si.

  • Pica Tapa - O meu favorito diga-se, não fosse ele de petiscos (ahah). Tem uma pequena e tranquila explanada cá fora. A comida é muito bem confeccionada e o serviço uma simpatia. Recomendo em especial as ovas de choco frito - são uma delicia (eu não sou apreciadora de ovas e estas comia-as todos os dias), não sabem nada a choco ou a ovas, sabem sim a marisco, são tão boas!! 

Restaurante Pica Tapa - Entrada e esplanada
Pica Tapa - Ovas de Choco fritas + Cogumelos Salteados













Não recomendo a manteiga curada (ninguém gostou), de resto é tudo muito bom, o vinho a copo também é bastante agradável, vem bem fresco e é servido generosamente. (mínimo +/- 15€ por pessoa).



Decoração Restaurante Ritual
    Restaurante Ritual - Salada de Queijo Mozzarella com molho Pesto

Ritual - Adorei este restaurante. A sua decoração, bem como, o menu, são bastante ecléticos, os donos ao que percebi adoram viajar no Inverno, vão assim acrescentado e alterando o menu. 



Entrada Restaurante Ritual





Restaurante Ritual - Caril de Legumes Tailandês
Daqui recomendo vivamente a manteiga de alho e ervas que era uma maravilha, as saladas e o Caril de Legumes Tailandês. Tudo super bem confeccionado e fresco. (mínimo +/- 15€ por pessoa).





  • A Fateixa - Super escondido, este restaurante passa bem despercebido. A vista é óptima. O restaurante encontra-se virado para o rio Mira, e claro, tem uma pequena explanada cá fora, que vale bem a pena, para ver o pôr do sol ao jantar. As especialidades são o peixe e o marisco. (mínimo +/- 16€ por pessoa)
  • Tasca da Vila - Uma opção que nunca desilude, mesmo no centro da Vila. Aqui são especialistas em grelhados a carvão. O peixe é sempre bem fresco e de uma enorme categoria. Pecam pelo serviço que é bastante lento. Mas como se está de férias e não se tem pressa, deixa-se passar. (mínimo +/- 12€ por pessoa).

  • Praia do Malhão - Não é um restaurante (ahah) mas sim uma das praias da vila, falo nela porque foi onde eu comi das melhores bolas de Berlim da minha vida, em especial a bola de Berlim de Alfarroba (devia tentar fazer sem creme, deve ser igualmente divinal). Tão leves e tão frescas, são impossíveis de resistir, é vê-las "voar". O vendedor, esse, é uma simpatia, e bem giro por sinal ;)

    Praia do Malhão - Bola de Berlim de Alfarroba

sábado, 9 de julho de 2016

Acessórios de Cozinha - Suporte em Altura de Especiarias

Andava à tanto tempo para comprar um suporte deste género para a minha cozinha. Ando maravilhada, apesar de não caberem todas as minhas especiarias (se calhar, só se calhar, tenho demasiadas, who know's?!).

Mas adiante, ele é rotativo e dá para 16 especiarias diferentes. As etiquetas bonitas nos frascos mandem vir do ebay. O suporte veio do Showroomprive, por 24€ (o mais barato que encontrei, por acaso).

Próxima compra vai ser um desidratador de alimentos. Tudo a seu tempo. :)




segunda-feira, 4 de julho de 2016

Massa com Pesto de Caju

Esta gulodice vem da blogger sensação Ella, podem visitar o seu blog aqui. É uma gulodice porque é tão cremoso que até nos esquecemos que estamos a comer um prato principal e não uma sobremesa.

Fiz uma ligeiras alterações, mas a receita base está lá.




Ingredientes:

  • 150 gr de esparguete integral
  • 1 courgette espirilizada
  • 100 gr de caju ao natural, para o pesto + 50 gr de caju para tostar
  • 25 gr de manjericão fresco
  • 1 abacate
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 1 dente de alho
  • 1 limão (sumo)
  • 3 colher de sopa de água
  • 100 gr de salmão fumado
  • sal a gosto





Preparação:

Cozam a massa e reservem.

Piquem as 50 gr de caju num processador, ou à mão, também é uma opção. Tostem-no numa frigideira anti-aderente até alourar. Reservem.

No processador juntem todos os ingredientes para o pesto: o abacate, os cajus, o azeite, a água, o dente de alho, o manjericão, o sumo do limão e uma pitada de sal. Misturem até formar uma pasta suave e bem cremosa.

Numa saladeira misturem a massa, o courgette e o pesto. Sirvam com o salmão fumado (temperado com um pouco de vinagre balsâmico) e os cajus tostados.



domingo, 3 de julho de 2016

DYE - Fairy Garden (Reciclagem de tronco de Bonsai)

O que venho aqui mostrar hoje não tem a ver com culinária, nem nada que se pareça, mas é algo que me dá imenso gosto, e muito provavelmente irão ver mais posts do género em breve.

Trago-vos a reciclagem de um bonsai, que teve a infelicidade de cair nas minhas mãos. Infelicidade, porque realmente não sobreviveu.
Também quem é que sabe mesmo tratar de um bonsai?! (Sim os japoneses, eu sei, mas não conta não é verdade?! Eles é que os criaram, é natural que saibam.) Mental note - fazer um workshop de bonsais (para breve, eheh).

Mas vamos ao que interessa. A "receita" é simples, basta ter alguma destreza e paciência.

Vão precisar de:

  1. Tronco de bonsai (ou outro)
  2. Suculenta ou cacto
  3. Vaso à escolha
  4. Terra
  5. Cogumelos falsos
  6. Pedras
  7. Pedrinhas brilhantes - Comprei Ikea, 1,50€, o frasco
  8. Miniaturas para decoração (neste caso os ouriços mais o cogumelo) - Comprei através do Ebay, cerca de 1,80€, o conjunto
  9. Flores falsas a gosto - comprei no Ikea, 1,50€, cada
  10. Pistola de cola quente - compra-se em qualquer chinês, */- 4,50€
  11. Berbequim de trabalhos manuais - não me lembro onde comprei, mas vendem-se no Leroy Merlin ou Aki

Preparação:

  1. Comecem por reposicionar o tronco do bonsai no vaso, com a terra. Ponham-no encostado mais a um canto para que tenham espaço para as restantes decorações.
  2. Em seguida, estudem onde querem fazer os furos, usem as flores para o efeito. 
  3. Furem o tronco com a ajuda do berbequim.
  4. Colem as flores com a pistola de cola quente. Por fim colem as folhas, também com a pistola de cola quente.
  5. Plantem a suculenta ou cacto. Reguem, mínimo de água.
  6. Disponham as restantes decorações.
  7. Por fim, decorem a vossa sala, ou ofereçam a alguém.





sexta-feira, 1 de julho de 2016

Salada de Quinoa, com Espinafres, Manga e Queijo Feta

No Verão o que sabe bem, é mesmo uma salada. Mas comer sempre o mesmo tipo de salada também enjoa. 

Na tentativa de alterar um pouco o reportório, saiu esta semi-maravilha. Digo "semi" porque convenceu-me, mas ao mesmo tempo, acho que lhe falta alguma coisa.
Ainda tenho de a "estudar" melhor a ver qual a melhoria possível.

Ingredientes:
(serve 3 porções)


  • 100 gr de quinoa misturada (branca + vermelha)
  • 1 saco de espinafres baby
  • 1 unidade de queijo feta
  • 1 manga
  • Molho Vinagrete (opcional - podem temperar só com sal e um pouco de azeite)



Preparação:



Cozam a quinoa segundo as instruções da embalagem. Deixem arrefecer.

Salteiem os espinafres num pouco de azeite e sal. Deixem arrefecer.

Cortem o queijo em cubos. Reservem

Descasquem e cortem a manga em cubos.

Numa taça juntem tudo e sirvam.

Super fácil :)