segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Dica Produto Alimentar - Vinho Rosé Verde Maria Saudade




Vinho bem, bem leve, não só pelo facto de só ter 9,5 % mas também pelo próprio sabor. 

Bom para acompanhar marisco e peixe. Ideal para quem não é apreciador de vinho, pois não tem um sabor agressivo, pelo contrário, parece quase como beber água.

No geral, não achei mau, mas não é um vinho que eu volte a pôr na minha lista de compras.

De 0 a 5 dou um 2. Infelizmente não o acho muito bom, para o meu gosto claro.

domingo, 30 de agosto de 2015

Linguini Negro com Camarão e Pesto de Agrião

Aproveitei o Linguini com tinta de choco em promoção, e comprei uma embalagem. Nunca antes tinha feito cá em casa. Ficou melhor do que eu pensava. Está aprovado, até pelo M.


Ingredientes - Serve 3 a 4 porções

  • 200 gr de linguini negro
  • 1/2 cebola aos cubos pequenos
  • 100 gr da parte verde do alho francês cortada grosseiramente
  • 1/2 pimento vermelho aos cubos pequenos
  • 1/2 pimento verde aos cubos pequenos
  • 300 gr de camarão
  • 2 dentes de alho
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • sal a gosto
  • água para a cozedura da massa
  • 3 colheres de sopa de pesto de agrião


Comecem por pôr o linguini a cozer em água com sal a ferver, sigam as instruções da embalagem. Devem coze-lo "al dente".

Numa figideira deitam o alho e a cebola com o azeite e um pouco de sal. Aguardam por 3 minutos e juntam o alho francês. Mais 5 minutos e juntam os pimentos. Deixem cozinhar por 15 minutos em lume médio, e juntem os camarões. Tapem e deixem suar até o camarão ficar cozinhado. 

Rectifiquem os temperos e juntem o linguini já cozido, mais 3 colheres de pesto de agrião (mais tarde ponho a receita). E está pronto a servir.

Polvilhem com queijo ralado e acompanhem com um bom vinho verde.

Bom apetite.

Dica Produto Alimentar: Queijo ralado com Pesto






Este queijo ralado da marca Continente relevou-se ser uma excelente compra. Foi comprado um pouco a medo, e ainda bem que o fiz, pois é óptimo.

Recomendo. 



terça-feira, 25 de agosto de 2015

Tarte de Espinafre, Feta e Tomate Cherry, by Chefe Mafalda Leite

Hoje decidi fazer algo novo para o jantar. Novo e leve, pois o M. queixa-se que fica empanturrado ao jantar e que quer coisas levezinhas. Se calhar, se não repetisse sempre duas vezes não ficava empanturrado :P Pormenores, claro.

Achei esta receita bem interessante, pois tem queijo feta, que é rico em proteína, e porque no geral, não tem muita gordura. E acompanha bem com uma saladinha de tomate e alface. Fresquinho, fresquinho.


Ingredientes:

  • Azeite para untar
  • 1 Embalagem de massa folhada
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 alho francês, rodelas finas
  • 1 cenoura, ralada
  • 1 dente de alho esmagado
  • 1 ramo de tomilho
  • 2 chávenas de espinafres bebé ou acelgas picadas
  • 1 embalagem de queijo feta, esfarelado
  • 100 gr tomate cereja, cortados ao meio
  • 4 ovos, batidos
  • 1/2 chávena de natas frescas (ou leite)
  • 2 colheres de sopa de parmesão ralado

Aqueça o forno a 180 ºc. Pincele uma forma de tarte (base amovível) com azeite. Reserve.

Estenda a massa e forre a base e os lados da forma - corte em volta a massa extra. Coloque no frigorifico por 10 minutos, para ficar firme. Retire do frigorifico e coloque no forno por 10 minutos ou até começar a gana«har cor.



Entretanto aqueça o azeite numa frigideira grande em lume médio. Cozinhe o alho francês, cenoura, alho e tomilho mexendo por 2 minutos. Junte os espinafres e tempere a gosto com sal. Quando murcharem retire o talo do tomilho e deite fora. Espalhe os legumes na da base da tarte cozinhada. Polvilhe com o queijo feta e o tomate. Rectifique os temperos. Bata os ovos, natas e parmesão numa tigela. Regue por cima da tarte. Leve ao forno e asse por 20 minutos ou até ficar dourada e firme.

Retire do forno. Deixe arrefecer ligeiramente antes de servir.


Nota - Eu alterei só a quantidade de ovos, pois acho que 4 é um exagero. Pus só 2 e ficou como na foto. 
O M. aprovou bastante. Repetiu duas vezes. Não ficou empanturrado. Gulutão :P





sábado, 22 de agosto de 2015

Tacos de Frango calientes, com molho de abacate e coentros

Mexican Saturday!!! Yeiii!! Mnham. 
Já vos disse que adoro comer?! Não?! Pois então, eu adoro comer. 
Adoro experimentar comidas novas, comida mexicana é uma delas, apesar de não suportar muito o picante, gosto bastante. E as margueritas então, a-d-o-r-o. É difícil não gostar mesmo. Mas adiante.
Ontem lembrei de fazer uma versão de tacos de frango calientes. 


Ingredientes:

  • 4/5 tortillas de trigo ou mesmo milho (usei de trigo)
  • 6 pernas de frango (ou outro pedaço do frango à escolha)
  • 1/2 courgete aos cubos pequenos
  • 1/2 beringela aos cubos pequenos
  • 1/2 cenoura aos cubos pequenos
  • 1/2 abacate
  • 1 molhinho de coentros - folhas e caules
  • 3 dentes de alho picados
  • 1 iogurte grego natural
  • 1/2 de água (usar a embalagem vazia do iogurte)
  • 1/2 sumo de uma lima
  • sal a gosto
  • azeite a gosto
  • especiarias a gosto - usei pimentão doce, piri-piri seco em pó, alho em pó, cominhos moídos.
  • 1/2 malagueta vermelha (opcional - se não quiserem picante não ponham)
  • 1 ou 2 tomates aos cubos 
  • 1 cebola roxa média aos cubos
  • 1 molhinho de salsa
  • 1 pouco de cebolinho fresco picado


Preparação:


Começar por fazer a marinada do frango, numa tigela juntar as pernas de frango, a pimenta da terra, o pimentão doce, o piri-piri, o alho seco em pó, os cominhos, uma pitada de sal e um pouco de azeite. Deixar repousar por mais ou menos 1 ou 2 horas, no frigorífico.

Passado o tempo da marinada, pôr o frango a cozer, juntamente com a marinada, num tacho com água. Cozer até o frango começar a sair do osso.

Enquanto coze iniciam-se os respectivos acompanhamentos e molhos, nomeadamente a "salsa" ou "pico de gallo", os legumes salteados e o molho de abacate com coentros. 

Numa frigideira deitam um alho picado com duas colheres de sopa de azeite.  Deixam o alho ganhar um pouco, muito pouco, de cor e juntam a beringela aos cubos, a cenoura e o courgete, mexam tudo muito bem e aguardem até os líquidos se evaporarem. Quando isso acontecer podem aproveitar a água da cozedura da carne e juntar um pouco. Deixem os legumes cozinharem até ficarem "all dente" e sem qualquer liquido. Rectifiquem os temperos e reservem.









Nesta "salsa" que fiz faltam o pimentos "jalapeno", não pus pois são demasiado picantes para mim, e como o frango já vai ser picante cortei nesta parte. Infelizmente para o M claro. 

Comecem por cortar o tomate e a cebola roxa em cubos. Piquem também a salsa e os coentros. Numa tigela de servir juntem estes 4 ingredientes, temperem com sal e azeite e reservem no frigorífico.



Para o molho de abacate vão necessitar de 1/2 de abacate, 1 iogurte grego natural, 1/2 de água (usem a embalagem vazia do iogurte), 1 dente de alho, sal, 1/2 sumo de lima, e um bom molho de coentros (folhas e talos). Juntem tudo no robô de cozinha ou processador, e piquem por 2 ou 3 minutos, até ganhar consistência de molho e já está. Esta receita foi retirada do blog Pinch of Yum, e é maravilhosa, adorei.



Por esta altura o frango já deve estar no ponto, retirem-no do lume e desfiem-no todo. Na mesma frigideira usada para os legumes ponham 1 dente de alho picado e duas colheres de azeite. Deixem aquecer ligeiramente e adicionem o frango desfiado. Temperem com sal, pimenta, pimentão doce, piri-piri moído e 1/2 de uma malagueta vermelha. Deixem apurar, se verificarem que está a secar muito rapidamente adicionem um pouco de água da cozedura.

Enquanto o frango ganha sabor aqueçam as tortilhas, à volta de 4 ou 5 unidades. 


Dependendo do quão gulosos forem, ou seja, se encherem muito ou pouco as tortilhas, a receita rende cerca de 4 a 5 tacos. Posto isto, é só levarem as coisas para a mesa e cada um fazer o taco à medida da sua fome e gula.

Podem acrescentar também uns "nachos" para molhar no molho da abacate pois ficam muito bem. Eu juntei pois tinha aqui de pacote. Serviu muito bem.

Bom apetite. :)